Você está em HomeAutoajudaJabez, de homem de dores a um empresario de sucesso
Autoajuda

Jabez, de homem de dores a um empresario de sucesso

Jabez, de homem de dores a um empresario de sucesso

Vou apresentar a você um excelente caso de sucesso. O relato é sobre Jabez, que através de oração persistente venceu na vida.

Mas antes de prosseguirmos, tenho duas perguntas a lhe fazer, quanto você pagaria para assistir a uma palestra do ex- camelô David Portes, considerado um empresário de sucesso?

Quanto você está disposto a pagar para ser um vitorioso? David era um simples vendedor de balas na cidade do Rio de Janeiro. 

Criativo, ousado, atencioso e carismático tornou-se um empresário de sucesso e palestrante. Ele conseguiu com sua determinação transformar R$12 em R$120 mil. 

Feito esta introdução, vamos fazer uma ligação entre David, um personagem do século XXI com um personagem dos tempos bíblicos Também Jabez foi uma pessoa de sucesso.

David enfrentou inúmeras dificuldades ao longo da sua vida, de origem humilde e pobretão, ele estudou até a 7ª série, indo morar no Rio em busca de um sonho, que compreendia “uma família, uma casa e dignidade”.

Caso você queira ser um vencedor, mas não tem o numerário suficiente para fazer um investimento assistindo a uma palestra de David Portes, vou lhe revelar um caminho ainda mais excelente.

Da obscuridade para a luz

No entanto, declaro que não vai ser necessário desembolsar valor algum para ter acesso a segredos que durante muito tempo esteve a sua disposição e a tantos quanto queiram ser vencedor.

Basta acompanhar o relato bíblico de um homem que saiu da obscuridade para brilhar e ser lembrado pelas posteridades.

Mais excelente que David, foi Jabez, homem que a Bíblia fala como sendo um homem de dores, mas que por sua persistência e motivação tornou-se um milionário.

Vamos ver onde as Sagradas Escrituras falam dele. Ele foi o homem mais respeitado de sua família. Sua mãe lhe deu o nome de Jabez, dizendo: “Com muitas dores o dei à luz”.

Jabez orou ao Deus de Israel: “Ah, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores”. E Deus atendeu ao seu pedido. 1 Cr 4. 9,10

O nome de Jabez o predispunha para a derrota

Alguns povos dos tempos bíblicos tinham por costume colocar o nome dos filhos conforme algum acontecimento ou circunstância.

Foi o que ocorreu com Jabez, cujo nome significa “dores”, no momento do parto sua mãe, teve imensas dores e não teve dúvidas, passada a angústia da morte, quis marcar aquele momento e chamou o menino de Jabez, que carregava a lembrança de triste acontecimento.

Jabez teve muitos outros irmãos, mas o destaque é para ele, os demais sequer são mencionados pelo nome.

Lembremos que o livro de Crônicas é uma narrativa enfadonha com extenso registro de genealogias. Mas em meio a narrativa, o autor para, faz uma pausa, e assim manifesta uma deferência especial a alguém que foi marcado não pelo nome.

Tampouco por sua condição financeira ou outra qualidade que o diferenciasse dos demais, mas sim por sua atitude de querer mudar a sua história.

A determinação de nosso herói levou-o a ser a pessoa mais respeitada na família. Vou trazer a você agora quatro passos que Jabez empregou para ser vitorioso.

1- Jabez pediu as bênçãos de Deus

Jabez mudou o seu destino solicitando e clamando pelas bênçãos de Deus. Ele não compareceu a um cartório para mudar seu nome, procurando um com significado melhor, não, ele buscou a face do Senhor.

Já imaginou, Jabez chega a um cartório com todos os documentos embaixo do braço e diz para o atendente “vim mudar meu nome, a partir de hoje quero me registrar e ser chamado de “Eliaquim, a quem Deus estabelece!”

Confiante, ele acrescenta: “Quem conhece das bênçãos de Deus sabe que elas enriquecem e não causam dores”. Pv 10. 22

2– Não se conformou com a situação

Ele pede a expansão do seu domínio, que sua vida não fosse marcada pelo comodismo, antes houvesse constante crescimento.

Ele não se apegou com o pouco que tinha. Jabez era ambicioso, o imagino na oração clamando ao Senhor “Eu não nasci para ser cauda, não nasci para ter só isto, alargue as minhas fronteiras, Oh, Senhor!”. Deus tem muito mais pra nós do que pensamos e imaginamos. Jr 29. 11-14; Is 54. 2,3

3– Clamou pela proteção de Deus

jabez

Ele sabia da falta de segurança que havia naqueles tempos, e reconhece que se as mãos do Senhor não estiverem presente abençoando e edificando, se não guardar o fruto do trabalho em vão vigia os sentinelas. Sl 127

4– Orou: e me guardes de todo o mal…

Finalizando, lembro a grande semelhança deste texto com a oração do Pai Nosso que Jesus ensinou aos seus discípulos. Jabez inicia a sua oração pedindo a benção de Deus, reconhecendo-o como o Altíssimo.

Como alguém que poderia modificar permanentemente sua vida, passando posteriormente a clamar para que as realizações do Senhor se fizessem presente, não descuidando da segurança e livramento necessário.

Temas Relacionado:

O mais interessante é que o sucesso de Jabez resultou do pedido dele aceito por Deus. É o que afirma o profeta Isaias, declarando que Deus trabalha incessantemente para aquele que nEle espera. (Is 64. 4). Deus te criou para a excelência.