Vida Sexual

Jovens cristãos podem praticar sexo antes do casamento?

praticar sexo antes do casamento

A relação com o sexo mudou no mundo moderno. A família mudou, os pais mudaram, os filhos mudaram, os jovens mudaram. Consequentemente, o conceito sobre sexo também foi influenciado pela pretensa liberdade sexual, e também mudou. Então é natural que jovens crentes façam a pergunta: Sou jovem e crente, posso praticar sexo antes do casamento?

O que era proibido “antes”, hoje parece não ser tão proibido assim. O mundo está mais esclarecido, “mais educado” no sentido de ter mais educação, conhecimento, liberdade.

Vivemos um mundo onde o jovem toma as rédeas de sua vida como nunca antes aconteceu. Valores, antes imutáveis da vida, hoje parecem “coisa de velho”. E a Internet é talvez a principal causa de mudança hoje.

Muitas perguntas surgem no dia a dia, como vemos nas outras famílias e até na nossa. Frequentemente, questões sobre sexualidade cristã na vida moderna, fica sem uma resposta objetiva.

A Igreja é bastante falha em não orientar o jovem a respeito de sexo, namoro, casamento, entre outras coisas.

O sexo na internet

Segundo a revista VIP na matéria: 12 estatísticas sobre pornô na internet que vão te surpreender, uma a cada quatro pesquisas que fazemos em sites de busca na Internet, uma é sobre sexo. 12% dos sites que existem hoje na Internet são pornográficos, ou em números 76,2 milhões.

25% das pesquisas em ferramentas de busca envolvem sexo, ou seja 750 milhões de consultas diárias. 353% dos downloads são pornográficos. 89% de toda a pornografia da Internet é criada nos EUA. De cada pessoa que entra em sites pornô, uma é mulher. 266 novos sites pornô surgem na Internet diariamente.

Similaridade entre drogas e sexo

A revista VIP ainda acusa que “Cientistas da Universidade de Cambridge estudaram recentemente o cérebro de pessoas que consomem muita pornografia e levaram um susto: ele funciona exatamente da mesma forma que o cérebro de viciados em drogas.

O lobo frontal foi a área que mostrou muitas similaridades. Esta é a região responsável, entre outras coisas, pela formação de nossos julgamentos – nos ajuda a decidir o que é certo ou errado, bom ou mau, seguro ou perigoso.”

Cristãos podem praticar sexo antes do casamento?

A Igreja não fala sobre sexo, não orienta o jovem. O jovem esclarecido de hoje acha estranho alguns ensinos, ou a falta deles, como se pode ou não  praticar sexo antes do casamento.

Muitos jovens na Igreja estão tendo uma vida sexual ativa, sem se importarem com o ensino da Igreja, que nesse caso não é claro.

O que se tem hoje de ensino sobre sexo na Igreja é o ensino dos bastidores e não do púlpito. Pessoas não qualificadas, na maioria do tempo, são as que querem “ensinar” e é claro que isso se torna conflitante. A falta de clareza, aliás, é um dos grandes fatores de critica e desânimo entre os jovens.

O jovem cristão que nasce na Igreja, se tiver orientação clara e boa em casa, crescerá sem muitos conflitos, porém o que dizer de alguém que “aceitou” Jesus e vem de uma vida sexual livre?

Como lembrou o Pastor Ed Kivitz da Igreja Batista Água Branca, as pessoas se casam pela primeira vez e não estão notando que já se casaram uma, duas, três ou mais vezes, não oficialmente.

Muitos são divorciados sem se casarem. Homens e mulheres hoje vão casar “de branco”, com um, ou mais filhos de outros relacionamentos. Algumas vezes os filhos nem são do mesmo pai, ou da mesma mãe.

Um moço jovem, cristão desde o berço, entre 15 e 16 anos, perguntou o que fazer, pois a sua namorada, recém convertida, de 13 anos, já havia feito sexo algumas vezes, com outros jovens e o pressionava para fazer com ela.

A minha resposta é não faça, separe-se dela. O sexo segundo a Bíblia, portanto segundo Deus, só é permitido por casais, um homem e uma mulher, casados oficialmente. Não importa a idade.

Namoro com liberdade assistida

praticar sexo antes do casamento?
Menina observa seu ex-namorado com a amiga

O problema reside na ampla liberdade que se dá hoje. A moça, certinha, começa a namorar um moço, também certinho, e por algum motivo ele dorme na casa dela um dia, ou ela na dele. Ai ele, ou ela dorme outra vez, e outra.

De repente os pais notam que esta situação se tornou comum. Os pais devem praticar uma liberdade assistida entre os jovens.

Ainda vale o namoro em casa, onde os pais estão ali, não para tolher os movimentos dos jovens que se amam, mas para evitar que problemas maiores, como uma gravidez na hora errada aconteça.

Imagine um jovem adolescente, que tem o futuro pela frente. Ele precisa acabar seus estudos, pensar numa faculdade, trabalhar, ganhar dinheiro, o que lhe dará liberdade e só depois de todos esses passos é que ele poderá pensar em casamento. É claro que sim ele poderá namorar em todo esse tempo, mas os limites não poderão ser ultrapassados.

Caso uma gravidez surgir em algum momento antes de acabarem os estudos, dificultará em muito a faculdade, ou até mesmo a interrompendo, isso já é um agravante perigoso.

Eu tenho o costume de dizer que entre 15 anos e 25 a vida do jovem vai ser revirada de ponta cabeça. Ele vai acabar os estudos, virá a faculdade, o primeiro emprego, o primeiro amor e talvez até o casamento.

Esse período de tempo, tão curto é um dos mais importantes da vida de qualquer jovem. E é claro que nota-se ser muito perigoso também. Num curto período de transição, a vida pode ser estragada irremediavelmente.

Posso fazer sexo com meu namorado antes de casar?

Não, não pode. O problema não é só amor, entram ai outras questões. Entra ai o seu futuro. O ideal seria o moço e a moça serem o primeiro namorado e namorada um do outro e irem descobrindo a vida juntos.

Todo e qualquer relacionamento é muito complicado. Seja o relacionamento no trabalho entre os amigos, ou o relacionamento com a família e com os familiares, ou seja o relacionamento entre os amigos da escola. O relacionamento entre o homem e a mulher é um dos mais complicados do mundo.

Dois “egos” diferentes, com gostos diferentes, educação diferente, pais diferentes, vida diferente, vão agora buscar uma convivência juntos. O ajustamento, por mais que queiramos, em alguns casos fica impossível.

Principalmente no inicio de um relacionamento, o carinho, o amor, a paixão, a atração dos corpos, é muito forte. Quando juntos existe uma “atração”, um imã, que puxa um para o outro, que vai ficando muito mais difícil depois.

O que Paulo diz sobre namoro?

Paulo no grande capítulo sobre sexo da Bíblia orienta os jovens: “Digo, porém, aos solteiros e às viúvas: é bom que permaneçam como eu. Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo.” 1 Coríntios 7:8,9

Paulo nos dá aqui o momento de se casar: Quando não suportarem mais de desejo um pelo outro. Enquato conseguem suportar, devem fazer a vida cada um morando na sua casa. Se a coisa ficar insuportável, devem casar.

Engana-se quem acha que vai casar e vai ficar 24 horas fazendo sexo. Isso é irreal. Dentre os grandes problemas que os casais tem, um dos mais perigosos é a falta de dinheiro.

O jovem não pode contar com o dinheiro dos pais, são dos pais, você não conquistou. Outra questão é se o relacionamento está dando certo ou não. Fazer sexo como forma de manter o relacionamento é o caminho da ruína. Não faça isso.

Dúvidas e insegurança no namoro cristão

Todo jovem começa a namorar e já imagina que aquela é a pessoa ideal que vai estar com ela pelo resto da vida. Não necessariamente. O jovem cristão não deve ter o sentimento de se não der certo eu arrumo outra pessoa, pois com Deus não é assim que funciona.

O jovem precisa ter a consciência de que se não der certo, os avanços da vida sexual poderão comprometer o resto da sua vida de uma forma negativa.

Eu digo para as moças não avançarem muito, pois num relacionamento errado, são elas que mais vão perder. Se uma gravidez acontecer antes da hora, é a mãe que terá a responsabilidade pelo resto da vida com a criança. Não se engane, ninguém vai ajudar você a criar o seu filho. Ele é sua responsabilidade.

O tempo nos mostra que muitos relacionamentos não duram nem um ano, principalmente quando se é muito jovem e se está conhecendo o mundo, a vida e muitas pessoas à toda hora. Pense que a pessoa que hoje é a sua vida, amanhã pode não ser mais.

Vemos algumas moças iniciarem um namoro e com menos de um mês já estarem praticando sexo com o moço. Isso, além de perigoso é um mal em si. Quanto mais pessoas se tem, mais se vai comparando a atividade sexual de outras pessoas que vierem depois.

A banalização do sexo na vida dos jovens

Um dia a pessoa estará vivendo um cinismo e não conseguirá ter um relacionamento com mais ninguém, visto que banalizou a atividade sexual. Se o moço é comprometido com a pureza cristã, ele vai aguentar sem sexo até que o casal esteja estruturado para se casarem.

Sobre os moços, principalmente os da Igreja, a responsabilidade de um relacionamento recai toda sobre o homem. Assim como direcionamos as moças, os moços não deveriam nem sonhar em praticar sexo antes de terem uma vida estruturada.

Temas Relacionado:

O sexo é como uma droga, quanto mais se faz mais se quer fazer. O sexo é bom, principalmente com quem se ama, mas sexo é para pessoas muito responsáveis.

Parece um exagero, mas ao se namorar, temos em nossas mãos o futuro do outro. Então, não estrague o futuro de quem você ama e nem se deixe estragar.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Leia mais:
Evangelho de Mateus
Introdução ao Evangelho de Mateus

Fechar