Estudo Bíblico

Estudo sobre o batismo com o Espírito Santo

batismo com o Espírito Santo
Cena representando o dia de Pentecostes Atos 2

Nós, como Igreja temos algumas deficiências por falta de entendermos corretamente alguns assuntos da Bíblia. Um desses assuntos é sobre o batismo com o Espírito Santo. Uma doutrina mal-interpretada é sobre o Batismo com o Espírito Santo. Vejo as pessoas interpretando assuntos chaves, como conversão sendo sinônimo de batismo, o que não é.

No evangelho de João 20, Jesus assoprou sobre os discípulos e lhes disse: Recebei o Espírito Santo. O que significa que ainda não tinha vindo o Espírito ao mundo.

Deveria causar-nos estranheza que um ato de Jesus não tenha acontecido imediatamente. Jesus disse recebam, mas nada aconteceu naquele instante. Por que?

Condição testemunhal

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.” Atos 1:8.

Antes de mais nada, o que é um batismo? Um rito inicial de consagração. Um batismo é o inicio de algo, é uma condição testemunhal.

Batismo com o Espírito Santo é recebimento de poder para ser testemunha. Istoé, o Batismo com o Espírito Santo é o batismo da Igreja, o inicio da Igreja.

Aqui ocorre um erro comum, o batismo de Atos 2 não é individual, mas coletivo. A Igreja foi batizada. Oficialmente iniciou a sua jornada.

“Como prisioneiro no Senhor, rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam. Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor.

Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. Há um só corpo e um só Espírito, assim como a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo.” Efésios 4:1-5

4 tipos de batismo

São surpreendentes todas essas afirmações: Um só corpo, um só Espírito, uma só esperança, um só Senhor, uma só fé e um só batismo. A Bíblia nos mostra vários batismos. Ficando só no Novo Testamento podemos citar:

Batismo nas águas – Que é a declaração publica de sua fé em Jesus, indicando a sua vontade de ser obediente a Deus durante a sua vida. O ato de ser submerso é uma alusão à morte e sepultamento de Jesus e o ato de emergir está relacionado com a sua ressurreição.

Batismo de Jesus – Um dos batismo mais famosos de todos os tempos foi o batismo de Jesus Cristo, que foi realizado por João Batista no Rio Jordão.

Nesse acontecimento, a Bíblia relata que a voz de Deus foi ouvida pelas pessoas presentes e o Espírito Santo desceu sobre Jesus na forma de uma pomba. O Batismo de Jesus marca o fim do Antigo Testamento e o inicio do Novo.

Batismo de sangue – O batismo de sangue acontece quando alguém morre por causa da sua fé, ou seja, é um mártir. Os discípulos receberam o mesmo Batismo de Sangue que Jesus.

Mas como podemos entender que há um só Batismo, sendo que vemos constantemente as pessoas sendo batizadas no Espírito Santo?

Batizados no corpo (I Corintios 12:12-27). Existe na Bíblia quatro livros que citam diretamente a Igreja como Corpo de Cristo: Romanos, 1 Coríntios, Gálatas e Efésios. A pergunta é: Quando o corpo passou a existir? Não há nenhuma referência sobre isso no AT.

Um passo de cada vez

Entendamos o seguinte: O Senhor Jesus Cristo precisava primeiro morrer, ressuscitar e ascender ao céu como um Homem glorificado antes que a igreja pudesse ser formada.

Duas coisas eram absolutamente necessárias antes que o corpo de Cristo pudesse ser trazido à existência: Cristo precisava ser glorificado e o Espírito Santo precisava ser enviado do céu.

Em outras palavras, num breve resumo: Jesus já havia dito que o Espírito haveria de ser dado à Igreja. Esta receberia poder quando Ele viesse, capacitando-a. O Espírito Santo veio em Atos 2, que é o Batismo da Igreja, ou seja, o inicio da Igreja.

Para que isso pudesse acontecer, Jesus precisava passar pela agonia da cruz em prol da humanidade. Precisava ressuscitar e ser levado ao Céu, antes que a Igreja pudesse ser formada.

Jesus subindo ao Céu, já glorificado, seria ele que formaria a Igreja, juntamente com o Espírito Santo e com Deus Pai.

Como acontece o batismo com o Espirito Santo

Em Efésios 1 Jesus foi constituído Filho de Deus em Poder, tendo o seu nome acima de todo nome e foi constituído como Cabeça da Igreja, que é o seu Corpo.

O Espírito Santo batiza a Igreja através da Cabeça, que é Jesus. Jesus precisou primeiro subir aos Céus e entregar a sua obra completa de sacrifício a Deus, para formar a igreja. Por isso é também que não dá para fazer outro batismo, existindo apenas um único batismo, que é o inicio da Igreja.

Esclarecendo dúvidas

Batismo com o Espírito Santo é falar em línguas? Todos falam em línguas? Paulo é muito claro em 1 Corintios 12 ao dizer que nem todos falam em línguas.

O Batismo com o Espírito Santo em Atos 2 foi a instituição da Igreja, uma vez que a obra de Cristo foi completada uma única vez.

Falar em línguas não é o sentido do Batismo com o Espírito Santo, apesar de que alguém pode ser convertido instantaneamente, ser inserido no corpo e receber o dom de línguas na mesma hora.

E como vou saber se sou batizado no Espírito? Você está na Igreja, ama a Jesus, quer obedecer a Deus e ao Espírito Santo? É tocado pelo Espírito, ora, vai à Igreja, canta hinos? Então você está na Igreja.

Você é Igreja e foi batizado no Espírito (inserido na Igreja) em 1 Corintios 12:13. “Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só corpo.” Independente se tem o dom de línguas ou não.

Como se explica que há um só batismo? A Igreja só foi constituída uma vez. Cristo só morreu uma vez. O sacrifício na cruz foi só uma vez. Teologicamente só tem um Pentecostes, apesar de que de vez em quando vemos pequenos Pentecostes.

Se houve um só batismo, como se explica as pessoas que são batizadas hoje em dia? Uma vez instituída a Igreja, quem chega é agregado à Igreja.

A conversão me faz ser corpo

O batismo na águas é uma figura da nossa inclusão no corpo de Cristo. O batismo de Pentecostes é o recebimento de poder para a Igreja poder trabalhar nesse mundo. A conversão, operada em nós através do Espírito Santo é o que vai nos transformando em corpo de Cristo.

Temas Relacionado:

Um pastor nos disse em uma pregação que a sua avó o levava para a Igreja desde os oito anos de idade, mas quando ele fez dezoito é que deu um estalo nele e ele disse: Daqui eu não saio mais. Demorou uma vida, mas o Espírito o convenceu a ser Igreja.

A conversão, ou o ato de ser convencido pelo Espírito, é um ato que tanto pode ser instantâneo, como não, o importante, é Ele nos ter chamado. Amém.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Leia mais:
Por que a igreja não ora?

Fechar