Estudo Bíblico

O que a Bíblia diz sobre os demônios

demônios

Demônios são espíritos malignos que seguem a vontade de seu príncipe, Satanás (Mt 12. 24, Ef 2. 2). A Bíblia não explica a sua existência, exceto para dizer que Deus é o criador de todas as coisas originalmente, tanto espiritual como físico, e que ele criou tudo bom no início. Cl 1. 16, Gn 1. 31

De acordo com o Antigo Testamento, a idolatria, que foi tão veementemente condenada por Deus, envolvia a adoração de demônios (Dt 32. 17, Salmo 106. 37, 1 Co 10. 20-22). Os demônios são seres espirituais do mal com uma influência sobre muitas pessoas.

No ministério de Jesus, encontramos a ideia de possessão demoníaca. A história mais aprofundada de possessão demoníaca e exorcismo é a história do endemoniado Gadareno (Mt 8. 28-34, Mc 5. 1-20).

Neste caso, um homem que era super forte e super violento e muito autodestrutivo em seu comportamento veio a Jesus e caiu na frente dele. Ele gritou: “O que você quer comigo Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Jura que você não vai me torturar!

Jesus respondeu:’ Sai deste homem que você possui espírito maligno! Então Jesus perguntou ao demônio: Qual é seu nome? Meu nome é Legião, porque somos muitos”, ele respondeu.

Como a história se passa, Jesus dirige os demônios para fora do homem depois que entram em uma manada de porcos, em seguida, correm ao longo de um penhasco e se afogam no mar. Neste relato, os demônios causaram auto comportamento destrutivo, que também ameaça a integridade física de terceiros.

demônios

Os demônios falaram usando o corpo e a voz do homem. No entanto, o fato de que o homem veio a Jesus e prostrou-se diante dele, sugere que ele, vítima possuída por demônios ainda tinha um pouco de sua própria vontade. Ele queria se livrar dos demônios. Jesus o libertou dos demônios.

Então, quando o homem estava vestido e em perfeito juízo, Jesus lhe disse: “Vá para casa ao encontro da sua família a diga o quanto o Senhor fez por você e como teve misericórdia de você!” (Mc 5. 19). Os demônios tinham grande poder sobre esse homem, mas não conseguiu impedi-lo de chegar a Jesus.

Em Mateus 12. 22 Jesus expulsa um demônio de um homem que era cego e mudo. Quando o demônio foi expulso, o homem pode ver e falar. A presença do demônio, então, parece ter sido relacionado com as enfermidades físicas do homem. Em outra ocasião, um demônio causou um homem a convulsionar violentamente. Mc 1. 25

Outro homem, cujo filho estava possuído por um demônio, espumava pela boca e rangia os dentes. O demônio, muitas vezes jogava a criança no fogo ou na água para tentar matá-la. Os discípulos não puderam expulsar esse demônio. Jesus disse ao pai que tudo é possível para aquele que crê.

A resposta do homem é clássica: “Eu creio! Ajuda a minha incredulidade!” Jesus, é claro, expulsou o demônio, mas os discípulos queriam saber por que eles não foram capazes de expulsá-lo? Jesus respondeu: “Esta casta não pode sair apenas pela oração” (Mc 9. 29). 

Alguns manuscritos registram “Esta casta não pode sair apenas pela oração e pelo jejum.” Isso parece implicar que alguns demônios são mais fortes e resistentes do que outros.

Jesus relacionou a expulsão de demônios com o domínio do homem forte que protege sua casa, impedindo-a de ser roubada (Mt 12. 29). Ele foi conquistando território de Satanás durante o seu ministério e a batalha decisiva contra Satanás foi vencida na cruz. Mas de alguma forma, depois da cruz, ainda havia a possessão demoníaca.

Relatos sobre os demônios no livro de Atos

Filipe, o evangelista expulsou os maus espíritos para fora dos samaritanos (Atos 8. 6-8). Paulo e Silas expulsou o espírito maligno da escrava em Filipos (Atos 16. 16-19). Há a estranha história do homem possuído pelo demônio que atacou e venceu os sete filhos do sumo sacerdote judeu Ceva, de modo que eles correram da casa nus e sangrando.

Estes homens judeus tinham tentado exorcizar os demônios e os demônios havia dito: “Jesus eu sei, e sei quem é Paulo, mas quem é você?” (Atos 19. 15). Jesus disse a seus discípulos: “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem. . . Em meu nome expulsarão demônios. . .”Mc 16. 17

Temas Relacionado:

Para o cristão que tem sido liberto do poder das trevas e transportado para o reino do seu Filho amado, a armadura de Deus é a resposta para a batalha diária com os poderes demoníacos (Cl 1. 13, Ef 6. 10-18). Artigo traduzido do original em inglês What does the Bible say about demons?

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

felicidade
Como você compreende a felicidade?

Fechar